De chocolate o amor é feito

Chocolate! Quanto doçura nove letras podem conter? Chocolate é muito mais que alimento, é demonstração de carinho e afeto, é o companheiro na hora do desespero, é bom a qualquer hora.

chocolate1

Muitas pessoas utilizam o chocolate como calmante. Endorfina e serotonina, hormônios que causam sensação de bem-estar, são liberados no organismo após o seu consumo. A serotonina desempenha um papel importante no sistema nervoso, regula o sono, a temperatura corporal e o apetite. Sem serotonina, as pessoas ficam mais vulneráveis a doenças, não são capazes de resistir à agressividade, ficam ansiosas, mal-humoradas (por isso a vontade de comer chocolate fica tão grande). Já a endorfina, normalmente liberada pela prática de atividades físicas, alivia tensões, reduz o estresse e a ansiedade e ajuda a relaxar.

Levando uma vida equilibrada, com boa alimentação e exercícios, provoca-se esse estado de plenitude. Isso, não é novidade. A questão é que em um momento de grande tensão, o chocolate alivia mais rápido.

Você pode combater o estresse consumindo outros alimentos ricos em triptofano (é uma substância utilizada pelo cérebro para produzir a serotonina) como carne, peixes, leite e seus derivados, banana, amendoim. Tudo isso é muito bom, mas a sensação de um chocolate derretendo na boca, não tem igual

Chocolate, consumido moderadamente, possui vários benefícios. Tudo bem que ele é o grande vilão da dieta, e para os diabéticos, seu consumo deve ser restrito, mas ninguém precisa se levar tão a sério assim. Ele ajuda na redução dos sintomas da tensão pré-menstrual (a famosa TPM), diminui a ansiedade, estimula o apetite sexual. Os chocolates com maior teor de cacau (de 70 a 90%), consequentemente, com menos gordura, diminuem a pressão sanguínea, protegem contra doenças do coração e previnem o envelhecimento precoce da pele.

A Páscoa traz o chocolate como símbolo da época. Esse costume começou há 3.000 anos com os chineses, que ofereciam ovos de pata e galinha pintados para comemorar o início da Primavera, celebrando a volta à vida após um longo e rigoroso inverno. Essa data coincide com a Páscoa cristã, que comemora a ressurreição de Cristo. Com o tempo, foram criados ovos de outros materiais como pedras e madeiras. Na Inglaterra, em meados do século XIX, iniciou-se o desenvolvimento da indústria de chocolates, consolidando-o como matéria-prima nesse período.

chocolate2

E para quem gostaria de comer ovo de Páscoa a qualquer época, não se desespere! Existem pessoas que fazem ovos o ano inteiro. É claro que você pode ir a um supermercado ou padaria comprar uma barra de chocolate quando der vontade. Mas nada substitui a magia por trás de um ovo de Páscoa. Páscoa traz aquele gostinho de infância, remete à família, união, muita luz. Não há barra de chocolate que tenha esse encanto. Se você gostaria de comer um delicioso ovo de Páscoa a qualquer hora, procure a Graziela. Ela tem uma empresa, a Grazi e Grazi (@paodemelgrazigrazi), especializada em chocolates, com uma linha completa de lembranças e presentes personalizados. Todos os produtos são artesanais, confeccionados com muita competência e amor. Afinal, um dos ingredientes do chocolate é, senão outro, muito amor. Então, ame sem medidas!

Fontes: Vila Mulher, Bio Move, G1, Folha Online

Fotos: http://www.paodemelgrazigrazi.com.br/

Anúncios
Etiquetado , , , , , ,

Deixe aqui seu comentário. Obrigada!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: