Dê às pessoas amor, não o seu like

meninas-usando-celular

O mundo acabou e ninguém percebeu. Acabaram-se os abraços, a intimidade, os olhos nos olhos. Acabou-se a paciência. A vida acabou em apenas um “click e todos se tornaram escravos da tecnologia. Acabou-se o medo, a insegurança, acabaram-se os anseios e problemas. Ninguém mais tem problemas, não se ouve mais falar deles. Porque todo mundo é feliz, lindo, popular e cercado por amigos. Será?

Você pode ser seguido por milhares de pessoas no Facebook, Instagram, Twitter, mas quantos o conhecem de verdade? Para quantos você abriria o coração e realmente compartilharia algo pessoal? Algo que o atormenta, que tira o seu sono ou algo pelo qual você suspire e o faça sonhar? Para um amigo de verdade, você poderia aparecer de pijama ou com pantufas, sem maquiagem, sem o “look do dia”, sem máscaras, sem se esconder. Apenas sendo você mesmo. Mas hoje em dia, quem se mostra de verdade?

Ninguém quer ser realmente exposto por medo de ser julgado, criticado, sentir-se inferior ou humilhado. Mas os “amigos” do seu perfil só trazem a ilusão de inclusão. Porque, no fundo, você está sozinho. Você se permitiu cair nesta armadilha e não percebe que está errado conferir o celular pela manhã antes mesmo de levantar-se da cama. Que está errado conferir o tempo pelo seu aplicativo no smartphone ao invés de abrir a janela. Os valores estão invertidos e ninguém parece notar.

Autoimagem, autopromoção, você se vende como se fosse um produto. E a vida vai ficando cada vez mais artificial. Nada preenche, nada acalma. O tempo todo atualizando o perfil para ver quantas curtidas sua foto recebeu. Pessoas cada vez mais ansiosas, agitadas, intolerantes, antissociais. A emoção vai ficando de fora, o sentimento também. E o vazio? Este continua lá, não importa o número de likes.

Desconecte-se da necessidade de ser curtido e definido. Esteja lá de verdade. Não finja ouvir ou prestar atenção. Dedique seu coração e sua alma a quem esteja ao seu lado. Dê à vida mais atenção e não a desperdice com um click. Esteja presente para escutar seu melhor amigo contar sobre a viagem dos sonhos dele, para sua melhor amiga contar sobre como está apaixonada. Esteja presente para escutar um verdadeiro e sincero “eu te amo“, para dar boa noite aos seus filhos. Se você fica muito tempo “olhando para baixo”, não vê as oportunidades que perde. Dê uma chance para ser feliz! “Dê às pessoas amor, não o seu like.

Confira o vídeo abaixo e comece a olhar para cima!

Foto: Revista Afrodite

Anúncios
Etiquetado , , , , , , , ,

2 pensamentos sobre “Dê às pessoas amor, não o seu like

  1. Aline disse:

    É verdade Mariana… sinto falta do mundo antes dessa necessidade de se estar online 24 horas por dia…. e é triste ver que os adolescentes de hoje simplesmente não viveram um mundo diferente… precisamos desacelerar….

    http://corujicesnomundo.com.br

    • É isso mesmo, Aline! Sinto tanta falta dos meus tempos de infância, com brincadeiras na rua, músicas, tempo que a gente dormia na casa do amigo. Coisas que não vejo as crianças de hoje fazendo, seja pela tecnologia que tomou conta ou até mesmo pela violência e insegurança. Mas que sejamos capazes de continuar humanos em meio a tantas máquinas. Bjos e obrigada por comentar! 🙂

Deixe aqui seu comentário. Obrigada!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: